Review do Segundo Closed Beta Test – Steparu

Review do Segundo Closed Beta Test – Steparu

tree-of-savior-2nd-review

Estou de volta do mundo dos mortos-vivos por ter jogado muito com o Review do Segundo Closed Beta Test de Tree of Savior! Uma grande quantidade dos meus seguidores tem me perguntado frequentemente sobre uma data específica de lançamento em inglês desse jogo jogo e honestamente, eu não tenho ideia! Entretanto o jogo o jogo está caminhando bem para o primeiro teste internacional nos próximos meses, a não ser que seja adiado.

Imagem de Amostra do You Tube

Gameplay – Ainda está fácil?

Como um experiente testador do Closed Beta Test do ToS, o jogo ainda me parecia um pouco fácil demais. Muitas pessoas estavam satisfeitas com a forma como eles atenuaram a dificuldade dos chefes dando-lhes a capacidade de invocar armadilhas aleatórias. Quanto a mim, eu não gostei muito, provavelmente porque parecia uma abordagem um pouco preguiçosa em tornar o conteúdo mais difícil. No final a maioria das  batalhas contra os chefes pareciam iguais, com armadilhas aleatórias a cada vez. Talvez isso foi uma adição de última hora, mas eu gostaria de ver os chefes se “buffando” em sua própria maneira original, além de terem alguns ataques especiais. Era estranho ver armadilhas aleatórias sendo vomitadas sem motivo nenhum durante as lutas contra os chefes. Não me interpretem mal, elas são efetivas e adicionam uma dificuldade, especialmente quando você pisa aleatoriamente em uma armadilha invisível ou teia que segura seu personagem no lugar, e que logo resulta em morte. Sim, eu morri para armadilhas. Acredito que todos os chefes, até mesmo os chefes de campo, podem ser derrotados sem o uso de NXP, dado que você tenha tempo e paciência. Eu tambem senti os chefes meio lentos e comecei a notar alguns que foram reciclados mais tarde no jogo.

Imagem de Amostra do You Tube

Classes jogáveis ​​- Planeje com antecedência!

O sistema de classes em Tree of Savior é o que torna este jogo especial em comparação com os que são lançados hoje em dia. A cada 15 níveis de classe, um jogador pode decidir “uma” entre duas novas classes disponíveis para avançar o rank ou manter sua classe e conseguir o máximo de habilidades para ela (Ex: Você pode começar com um mago e avançá-lo para o rank 2 ganhando novas habilidades ou trocar a classe para piromante ou criomante). Uma vez que o jogador avança, o nível de classe retorna à 1 e o jogador deve obter novamente um nível de classe 15 para o próximo avanço, e assim sucessivamente. Tenha em mente que você não pode mais voltar para a classe anterior depois de ter mudado. Por exemplo, um Sapper (Sapador) de nível de classe 15 já não pode voltar ao círculo do arqueiro, porque o ranqueamento do mesmo só é possível na primeira mudança. Os jogadores também devem planejar suas escolhas de classe com cuidado. Por exemplo, a mudança de classe de rank 2 oferece aos jogadores as opções de ser um ranger, um quarrel shooter ou arqueiro novamente. Se você decidir escolher arqueiro novamente, você vai perder a oportunidade de mudar de classe para ranger ou quarrel shooter. Planeje cuidadosamente suas mudanças de classe e desfrute de muitos combos possíveis!

Imagem de Amostra do You Tube

Eu só queria apressar a classe atiradora o mais rápido possível e atirar em tudo! Acabei me arrependendo um pouco de seguir a linha do sapador (Sapper). Felizmente, acabei encontrando um jogador de Dievdirbys no jogo que foi capaz de me fornecer materiais de base de madeira para minhas armadilhas, o que ajudou muito. Seguindo a árvore do arqueiro, senti que subir de nível estava dolorosamente lento em comparação com o meu personagem mago do teste anterior. Eu me senti que faltou um pouco de dano e cooldown (resfriamento) para a classe. Além de que, a compra de armadilhas foi um aborrecimento porque os NPCs não as vendiam, até que foi adicionado durante o último dia do beta.

Imagem de Amostra do You Tube

Havia certas habilidades ativas da minha classe atiradora que eu não poderia usar, porque eu era obrigado a usar um arco. A IMCGames recentemente implementou uma solução para isso com o novo recurso de troca de arma. Tudo o que você tem de fazer é arrastar as suas armas e colocá-la nos slots de troca e pressionar ALT + Z para que a troca seja feita instantaneamente. Até aqui sem problemas, a menos que você esteja jogando com a classe Schwarze Reiter porque todas suas habilidades só podem ser ativadas quando estiver em uma montaria. Em suma, eu tinha que pressionar ALT + seta para baixo para sair da minha montaria e depois ALT + Z para equipar o arco, usar as habilidades e em seguida, ALT+ Z novamente para mudar a arma e ALT + seta para cima até montar em minha montaria novamente e usar minhas habilidades de rotação de arma. Suponho que escolher Sapper me ajudou pois eu era capaz de armar minhas armadilhas com uma arma e não se preocupar em ter que mudar para o arco.

goodbye-tos2

Fazendo missões e subindo de nível – Outro “grind” coreano ou não?

O ritmo de nivelamento foi realmente decente durante o segundo CBT, não incluindo a taxa de bônus de EXP durante o último dia do beta. O nivelamento parecia consistente com nenhuma diferença notável em curvas de EXP base, assim eu pude progredir através dos níveis mais altos do jogo. No entanto, ocorreram alguns problemas com nível de classe, pois meu foco foram nas missões. O CBT tinha um nível máximo de 250 que é facilmente obtido em uma semana sem as taxas EXP bônus. Eu suponho que o verdadeiro grind começa em cerca de nível 300-500. Eu, principalmente, estive focado nas missões de história e de área e “grindei” pouco durante os últimos dias do beta. Sem mudanças drásticas no sistema de missões que ainda é o mesmo desde o beta anterior. Basta pegá-las e completar a missões de uma zona, uma vez feita, entregá-las e repetir isso na próxima zona. Como eu progredi para os níveis mais altos do jogo, as batalhas se tornaram muito mais tediosas. Eu não estava realmente ansioso para a próxima luta de boss, talvez porque esta foi apenas a minha segunda jogatina do jogo?

Imagem de Amostra do You Tube

tree-of-savior-max-level-stats

Uma das maiores questões era em relação ao balanceamento de nível base/classe: A quantidade de pontos de experiência ganhos de ambos não parecem dimensionar corretamente. Muitos jogadores acabaram tendo um nível muito elevado de base, enquanto os seus níveis de classe estavam drasticamente baixos. Isso é facilmente solucionável, dando aos jogadores uma escolha sobre se querem obter uma carta de EXP ou JOB EXP depois de completarem as “missões especiais”. Para aqueles que não estão cientes, todas as missões neste jogo recompensam os jogadores com cartas de EXP base que aumentam o nível de seu personagem ao serem consumidas. Cartas de EXP de classe têm suas desvantagens se implementadas, como jogadores receberem muita EXP de classe acabam tendo um nível muito baixo para completarem a missão de mudança de classe. Se o monstro tem um nível muito alto, o jogador vai causar “1” de dano, independente de quão forte seu personagem for devido ao nível de base com a lacuna do nível do monstro. Solução? Hora de “grind”! Apenas certifique-se que você está “grindando” os monstros certos, alguns podem dar mais JOB EXP enquanto outros podem dar mais EXP base. Guardar as cartas também pode ser ruim devido ao fato de que existem cartas de níveis superiores que dão um valor maior de EXP no decorrer do jogo. Falando de experiência, a maneira mais rápida de conseguir experiência do nível de classe é “grindar” e deixar de lado as missões.

Imagem de Amostra do You Tube

Conteúdo de fim de jogo – Nível máximo, e agora!?

A maioria dos testadores do beta provavelmente nunca teriam atingido o nível máximo se os GMs não fornecessem um bônus extremamente grande de EXP durante o último dia de testes. Quanto ao material final do jogo no CBT2, realmente não havia muito o que fazer depois de atingir o nível máximo, exceto pela caça de chefes de campo com um grupo. Eu acredito que este teste foi principalmente focado em testar as novas classes. Tree of Savior concede missões de chefes de campo à jogadores do grupo com um nível base médio total dos membros. O grupo só tem que esperar dar o tempo e ficarem no local. Depois de todos os membros do grupo se reunirem no local da missão específica, o chefe do grupo irá aparecer. Para resumir as coisas, ToS oferece três tipos diferentes de chefes: chefes de Missões normais, de história ou chefes de campos, e também existem os de campo invocados.

Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube

Crafting, cartas e gemas – O que são?

Enquanto crafting não era tão importante durante os primeiros níveis do jogo, ele começou a se tornar imporante em torno do nível 170. É muito mais barato fazer compras na Casa de Leilões para conseguir os materiais e elaborar o item em relação à compra da arma no preço total. A maioria dos monstros no jogo derrubam receitas em vez do item propriamente dito, forçando os jogadores a criarem seus próprios equipamentos. A receita é consumida após o item ser criado e devem ser caçadas novamente se você deseja criar o mesmo item. Os jogadores também podem criar diversos equipamentos de cabeça como mostrados abaixo (no vídeo), embora isso possa mudar para itens de cash no futuro. Eu ainda não consegui descobrir o que as cartas fazem além de invocar clones das sombras para a classe Sorcerer ou Necromancer, eu acho. Por último, o sistema de gemas não parece ser tão importante durante o beta. Para mantê-lo bem informado, tudo que você tem de fazer é conversar com um ferreiro e pedir-lhe para criar um espaço de joia na arma. De lá, você pode aplicar a gema para o equipamento que acabou de receber um slot de gema. Os efeitos variam de acordo com a cor e o tipo da gema que foi colocada na arma, armadura, luva, sapato, etc.

Imagem de Amostra do You Tube

O mundo, gráfico e som – Tudo o que você precisa saber!

Eu explorei a maioria das áreas durante  o primeiro e segundo CBT e devo dizer que o jogo realmente tem muitas áreas originais. Os mapas posteriores ainda são lineares, mas existem várias saídas que conduzem a zonas de baixo e de alto nível. Alguns jogadores podem se decepcionar com a configuração das zonas em Tree of Savior, pois parece um pouco pequeno comparado a outros jogos onde você pode topar com uma zona com mapas enormes. Os gráficos são bons e únicos, mas precisa de um pouco de otimização em relação a queda de FPS com a quantidade de travamentos. A BGM é tão boa que eu nunca me preocupei desligar a música do jogo para ouvir a minha própria lista de músicas. Eu ainda salvei a pasta de OST do Tree of Savior antes de desinstalar o cliente do Closed Beta 2.

Imagem de Amostra do You Tube

Conclusão – O Round 2 foi ainda mais agradável!

Tree of Savior tinha um tempo de testes de 12 horas (12:00-00:00) na Coréia do Sul. Eu tive que testar o jogo durante as horas de trabalho, das sete horas da noite às sete horas da manhã e nenhum único minuto foi desperdiçado! Exceto em um dia em que eu não tinha internet. Resumindo, o CBT2 valeu a pena ser jogado e eu estive muito empolgado jogando durante a noite inteira, mesmo com o ridículo horário de testes. O jogo por si só ainda não está pronto para ser lançado e distribuído, posto que eu tive muitos problemas por queda de frames, bugs de gráfico, erros aleatórios e até algumas falhas de funcionamento do jogo durante o teste.

Imagem de Amostra do You Tube

Eu estou um pouco mais preocupado com o futuro conteúdo final do jogo. Considerando a enorme quantidade de jogos online que muitas vezes é lançado na Coréia do Sul, a maioria das empresas estão apressando a produção e liberação de jogos com acesso antecipado com loja de dinheiro real ou fazer um jogo muito fácil apenas para roubar jogadores de outros títulos. Se você me perguntar, eu preferiria ter um jogo desafiante do que um jogo de “grind”. Eu adoraria ver alguns PvP ou conteúdos relacionados GvG em ToS e talvez um sistema de grupo melhor. Como um estrangeiro, eu sempre tive problemas para encontrar grupos certos para “grindar” ou fazer missões. Pode não ser bem problemático como um jogador coreano que pode mandar mensagens a todo momento e outras coisas. Durante a estréia do ToS, a IMCGames mencionou um sistema de grupo automático com os jogadores ao seu redor na mesma missão. Não que as missões da história e chefes estão desafiando o suficiente para exigir um grupo em tudo, é só que eu fiquei realmente entediado jogando sozinho. Esta avaliação está ficando longa, falta muito mais para escrever sobre estatísticas e etc, mas é hora de terminá-la!

Obrigado por me acompanharem em uma outra aventura de jogo e espero ver todos vocês no próximo teste internacional de Tree of Savior!

For the english version of this article, please refer to our original font: http://steparu.com/reviews/mmorpg/1754-tree-of-savior-review-of-the-2nd-closed-beta

Sobre admin

[fbcomments]

2 comentários

  1. Cada vez mais empolgado para jogar esse jogo, mal espero pelo server internacional de testes.

  2. vou jogar com certeza a unica coisa que não foi mencionado é o sistema de pvp e se vai ter sistema de gvg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*